Tecnologias Emergentes e impactos na logística e mobilidade urbana

18/10/2018 - SCAMBO

Por Eduardo Magalhães

Temos escutado muito falar sobre veículos autônomos e já vimos este ano as primeiras iniciativas da utilização desta tecnologia.

Este fato está mudando o comportamento das pessoas e elas estão migrando do conceito de TER para o de USAR. Um exemplo que tenho dentro de casa é o fato de minha filha ter completado 20 anos e ainda não ter tirado a carteira de motorista. Para ela é muito mais interessante utilizar os aplicativos para passageiros, sem custos fixos e, sem a preocupação com manutenção e estacionamento.

Na minha época, nós ficávamos contando os dias para ter a carteira de motorista e dirigir permitia uma sensação enorme de liberdade. (Dirigir ainda permite..)

As tecnologias emergentes estão trazendo um significante impacto na logística, na mobilidade urbana e na direção de termos cidades mais inteligentes e com melhor qualidade de vida.

 Constantemente, estão sendo implementadas diversas iniciativas neste sentido como: CD urbano, entregas noturnas, pontos de retirada de encomendas, caminhão autônomo dentre outras.

Este ano começamos a ler sobre os caminhões autônomos (Autonomous Truck).

A Volvo já iniciou algumas iniciativas nesta área. Existe um número mágico na logística que é 500 quilômetros. Por quê? Porque é a distância que um caminhão pode percorrer durante a jornada de trabalho de um motorista caminhoneiro.

Segundo estudos de especialistas e de doutores do MIT – Center for Transportation & Logistics, esta distância poderá dobrar, ou seja, viagens de até 1.000 quilômetros por dia, num futuro muito próximo.

Estas tecnologias emergentes afetarão diretamente as atividades e estruturas logísticas. Como consequência, aumentando muito a produtividade e a utilização dos ativos, assim como melhorando o nível de serviço e reduzindo custos com estoques.

Por outro lado, existe a preocupação com a redução de mão de obra de profissionais motoristas de caminhões. Como está acontecendo também em outras áreas e profissões, acontecerá um redesenho das atividades humanas.

É fundamental estar atento a estas mudanças e se preparar e estar apto para se adaptar aos novos desafios.

A DHL publica a cada dois anos, um relatório denominado LOGISTICS TREND RADAR, vale a pena ler e acompanhar as tendências e tecnologias emergentes que estarão mudando o nosso comportamento, a mobilidade urbana e as nossas carreiras nos próximos anos.

Fale com a gente!

Av. Bernardino de Campos, 185 – Paraíso
São Paulo – SP, 04004-050

Que tal deixar seu nome e e-mail para receber noticias e novidades?

Pin It on Pinterest