Galpão na Mão: App conecta demanda com proprietários de galpões

24/07/2018 - SCAMBO

O aplicativo Galpão na Mão aproveita a onda da economia colaborativa, a “uberficação” de bens, para conectar proprietários de galpões com a demanda por armazenagem. A iniciativa é interessante, pois reduz a quantidade de ativos não utilizados, e abre caminho para empresas que não possuem ou precisam de mais espaço para seus produtos.

 Não por acaso, o app, que foi lançado em abril desse ano após um insight de um dos idealizadores, encontrou boa aceitação do mercado e está caminhando para sua 2ª fase de expansão. Maurício Pantaleão, presidente da empresa, falou para a SCAMBO que o Galpão na Mão tem encarado constantes desafios saudáveis, “onde colocamos sempre a energia criativa para abrir novas etapas e dar continuidade no fluxo e movimento da oportunidade”.

Sobre a evolução do app, Maurício nos contou que eles seguiram o caminho Lean Start Up, começando pela “validação da hipótese” e agora passam por sua segunda expansão. “Especificamente falando, um dos desafios que tivemos (para um iniciante em start ups), foi a coragem de seguir o negócio com uma primeira versão ‘simples’. Agora, com uma boa receptividade, entendemos que o 2º MVP (Produto Mínimo Viável, do inglês Minimum Viable Product) será bem mais completo e atenderá bastante a expectativa de nossos clientes”. A nova etapa da plataforma irá possibilitar contato direto entre clientes e proprietários de galpões, gerando negociações e visitas de forma mais rápida.

Confira o depoimento de Maurício a respeito da idealização e lançamento do app:

“O Galpão na Mão surgiu em 2014, época em que estava em um período sabático, buscando me conhecer mais e lendo bastante coisas, entre elas sobre o Silicon Valley (como funcionava as empresas, ritmo, cultura, etc). Foi aí que comecei a ler livros também de empresários e empreendedores brasileiros… Em um dado momento tive um insight deste serviço! Acho que foi aquele momento de relaxamento e curiosidade, quando adensamos conhecimento por um novo assunto, e ao mesmo tempo, a consciência está aberta e mistura temperos com todo o conhecimento e atuação do real estate logístico que eu já trabalhava há mais de 10 anos.”

Para saber mais, acesse aqui o site da plataforma.

Leia também: Centro de distribuição urbana- uma solução para o Last Mile

Fale com a gente!

Av. Bernardino de Campos, 185 – Paraíso
São Paulo – SP, 04004-050

Que tal deixar seu nome e e-mail para receber noticias e novidades?

Pin It on Pinterest