Amazon investe no mercado da saúde e Prime day 2018

09/10/2018 - SCAMBO

                Entre 1999 e 2000, a Amazon já havia colocado um pé no mercado da saúde ao investir na Drugstore.com. Na época, a empresa esbarrou em uma série de complicações com intermediários e reguladores que impediram a expansão dessa frente de negócios. Hoje, quase 20 anos depois, a gigante de tecnologia volta sua atenção ao segmento munida de uma série de vantagens que vão desde sua marca consolidada, com uma base de 300 milhões de clientes ativos, infraestrutura tecnológica e logística invejável, até parcerias estratégicas com investidores de alta patente, como JP Morgan e Berkishire Hathway.

                A estratégia para entrar nesse mercado é aliar sua rede e infraestrutura com a incorporação de empresas disruptivas do setor para oferecer soluções inovadoras e com alto nível de serviço. Para o início da operação, a Amazon lançou cinco frentes de ação:

1 – Simplificar a cadeia de suprimentos de medicamentos, que atualmente é complexa e possui vários intermediários, o que aumenta os custos e diminui nível de serviço entregue ao cliente. O primeiro passo nessa direção foi a aquisição da Pill Pack, rede de medicamentos online que possui altos índices de satisfação e reputação sólida entre seus usuários.

2 – Plataforma para os gerentes de benefícios de saúde, incorporando assim a ideia de oferecer soluções tanto para consumidores, quanto fornecedores de serviços e mercadorias.

3 – Integrar serviços dos usuários do Medicare e Medicaid, através dos vários pontos de contato que possui com o paciente em diferentes ambientes (residencial, on-line, em lojas, mercearias…).

4 – Otimizar operação de provedores de serviço, como médicos e hospitais, através da disponibilização de tecnologias de administração que permitam aumentar a eficiência dos funcionários. Dessa forma, ao invés de aumentar seu efetivo, os provedores direcionariam os investimentos para sistemas tecnológicos.

5 – Nuvem para laboratórios e serviços de assistência médica. Através da AWS serão oferecidos serviços de armazenamento e processamento de dados em nuvem.

Leia mais 

                Outro assunto que colocou a empresa em destaque na mídia foi o último Amazon Prime Day, uma espécie de Black Friday pessoal da Amazon, que começou em 2015 com a ideia de ser um evento de compras gigantesco, no fim os resultados foram além e, através dos dados obtidos, foram gerados insights que estão reformulando o setor do varejo. A última edição atraiu mais atenção do que nunca, com cerca de 80% dos consumidores dos EUA afirmando estar cientes de seu acontecimento e três vezes mais consumidores comprando itens em relação à edição anterior. Saiba quais foram as principais lições aprendidas pelo evento.

Fale com a gente!

Av. Bernardino de Campos, 185 – Paraíso
São Paulo – SP, 04004-050

Que tal deixar seu nome e e-mail para receber noticias e novidades?

Pin It on Pinterest