Notícias

Desafio Brasil-Reino Unido de Logística Urbana: Demoday Prosperity Fund

Desafio Brasil-Reino Unido de Logística Urbana: Demoday Prosperity Fund

Aconteceu sábado, dia 27 de fevereiro de 2021, a sessão DEMO DAY de encerramento do Desafio Brasil-Reino Unido de Logística Urbana. O Desafio, iniciativa do Consulado do Reino Unido, dentro do Programa Future Cities, foi apoiado por Banco Mundial e Prefeitura de São Paulo, com organização da SCAMBO Consultoria e Hackathon Brasil.

Esta iniciativa abriu espaço para soluções inovadoras para tornar a logística urbana mais sustentável, trazendo benefícios para a cidade. Com isso, também estimulou conexão entre os diferentes atores deste ecossistema, como empresas, start-ups, poder público e universidades. Finalmente, buscou soluções escaláveis, entendendo as oportunidades nos diversos centros urbanos do país quando o tema é abastecimento eficiente e sustentável.

O processo

Ao longo do processo de avaliação e seleção, iniciado em dezembro de 2020 com as inscrições, foram organizadas 4 sessões de conteúdo sobre temas como logística urbana, segurança de dados, big data analytics e planejamento Urbano. Nestas sessões, especialistas de mercado ajudaram as empresas inscritas a entender melhor o contexto dentro do qual os desafios foram colocados: Fernando Magnoler, Total Express; Diogo Fardal, IFC; Hiago Kim, Deepcript; Mauricio Losada e Maria Lucia, CET SP; Hayde Svab, especialista data analytics USP.

O processo seguiu com mentoria coletiva com Richard, da Hackathon Brasil, que trouxe um convidado especial para auxiliar as empresas a construir seus vídeo-pitchs de 3min: Felipe Gasko, da duLOCAL, start-up de impacto e ganhadora do Planeta Start-up, na Band.

As empresas finalistas tiveram a oportunidade de sessões individuais de mentoria para mergulhar em temas por elas escolhidos, de forma a ajuda-las na preparação para o DEMO DAY e também captando insights para seus modelos de negócio. Nesta etapa, mais um grupo de especialistas trouxeram valor ao processo: Lino Marujo, UFRJ; Mauricio Losada, CET SP; Mich, Unlog; José Geraldo Vieira, UFSCar; Bianca Macedo, especialista mobilidade de Fortaleza; Vinicius Picanço, Insper; Alexandre Felix, CargoBR; Guilherme Portescheller, Souza Cruz.

O processo de avaliação era composto por 3 etapas, incluindo questionário de avaliação, vídeo-pitch e avaliação da Banca no DEMO DAY. A Banca foi composta por 9 jurados de diferentes áreas de conhecimento, para garantir análises multi-disciplinares e amplas:

  1. Mariana Batista, Consulado UK
  2. Maria Inês Lippe, Banco Mundial
  3. Maria Teresa Diniz, SMT Prefeitura de São Paulo
  4. Diogo Bardal, IFC
  5. Bernardo Adão, AMBEV
  6. Patricia Bello, B2W
  7. Fernando Magnoler, Total Express
  8. Leise Oliveira, UFMG
  9. Hiago Kim, Decript

Cada jurado precisou avaliar 7 quesitos de cada empresa finalista: apresentação da solução, aderência ao desafio, inovação, esforço de implementação, escalabilidade, expansão e empresa.

As empresas finalistas foram:

  • Aquatera Incubator: plataforma de captação e uso de dados para análises espaciais para a cidade
  • Carbono Zero: entregas urbanas com uso de bicletas e veículos elétricos
  • Ecomilhas: programa de milhas urbanas para estímulo do transporte ativo e sustentável
  • Favela Brasil Express: solução de entrega last mile em comunidades
  • Motop: app com serviços para motociclistas, como localização de bolsões de estacionamento
  • Link V&L SP: plataforma logística para conectar produtores de verduras e legumes diretamente com clientes com uso de transporte sustentável
  • Trippec: patinete elétrico diferenciado para uso urbano
  • uBike: sistema de locação de bikes elétricas

O Demo Day

Durante o DEMO DAY, as 8 empresas finalistas tiveram sessões de Perguntas & Respostas com a banca de avaliadores. A diversidade de soluções finalistas foi um ponto alto, deixando claro que os desafios – e as oportunidades – são muitas e há espaço para muita inovação.

Durante os debates com as empresas finalistas, diferentes aspectos foram tocados, como:

  • Impacto social: diminuição da desigualdade social por inclusão nos mercados de trabalho e de consumo
  • Sustentabilidade: estímulo a modos ativos de transporte, minimização de emissões e iniciativas de compensação e neutralização
  • Tecnologia: plataformas para conexão e para avaliação, blockchain, equipamentos sustentáveis

Finalmente, após apresentações e compilação das notas, foram anunciadas as 3 empresas ganhadoras, que terão sessão de mentoria em inovação com a Catapult Connected Places e premiação em dinheiro (1º lugar: £3.000; 2º lugar: £2.000; 3º lugar: £1.000) para uso na melhoria de suas soluções.

De um total possível de pontuação de 252 pontos, os ganhadores foram:

3º lugar, com 201 pontos: Motop

2º lugar, com 204 pontos: Carbono Zero

1º lugar, com 208 pontos: Favela Brasil Express

Ao final, trazendo inovação para o evento, todos os participantes – empresas, convidados, mentores, banca de jurados – puderam fazer networking de um jeito diferenciado, num ambiente virtual:

Compartilhe: